Agetransp vai à SuperVia para cobrar explicações sobre falhas na operação dos trens

Na manhã desta sexta-feira (8), equipe da Câmara de Transportes e Rodovias da Agetransp esteve no Centro de Controle Operacional (CCO) da concessionária SuperVia para verificar as condições de operação e controle de tráfego dos trens.  Os técnicos da agência cobraram explicações sobre as falhas na operação do serviço, que recentemente resultaram na suspensão da circulação de ramais e extensões.

Eles também verificaram os procedimentos adotados pela operadora para manter a circulação de trens de forma segura, mesmo em situações de contingência operacional. O CCO é uma espécie de cérebro de um sistema de transporte de alta capacidade, de onde os técnicos da operadora controlam a circulação das composições e monitoram o funcionamento da sinalização, tomando decisões importantes em caso de falhas ou avarias.

Nas últimas terça e quarta-feira, a circulação de trens foi temporariamente suspensa nos ramais Belford Roxo, Saracuruna e nas extensões Guapimirim e Vila Inhomirim. A SuperVia alega que não havia condições seguras de operar os trens durante o horário de pico da manhã porque havia muitos trechos com falhas de sinalização, provocadas por furtos de equipamentos. Na segunda-feira, passageiros já haviam protestado contra a suspensão da circulação no ramal Belford Roxo. Na ocasião, a concessionária informou que havia acúmulo de lixo sobre os trilhos, na altura de Agostinho Porto.

A Agetransp abriu processo regulatório para apurar as falhas na prestação do serviço. Os técnicos da Agetransp vão avaliar todos os meios, sistemas e equipamentos envolvidos. Também será analisada a adequação do atendimento prestado aos usuários e dos procedimentos adotados pela concessionária SuperVia para restabelecer a normalidade na circulação.

Na ação de hoje, estiveram presentes o gerente da Câmara de Transportes e Rodovias, Édipo Ázaro, o gestor dos contratos de concessão da Agetransp, Rafael Poubel, e o diretor de operações da SuperVia, Marcelo Feitoza, entre outros representantes das áreas de operação e segurança da concessionária.

Whatsapp Facebook Twitter
VOLTAR