Conselho Diretor mantém multas às concessionárias Supervia e Rio Barra

Em sessão regulatória realizada na última terça-feira (26), o Conselho Diretor da Agetransp decidiu manter duas multas, aplicadas à Supervia - no valor de R$ 63,348,75 - e à concessionária Rio Barra - no valor de R$ 33.285,00.

Em relação à concessionária Supervia, a empresa foi responsabilizada pela falta de energia ocorrida no dia 18 de julho de 2017, na estação de Augusto Vasconcelos, no ramal de Santa Cruz. O local ficou sem energia das 18h12 às 18h57, não sendo possível a parada de trens para embarque e desembarque de passageiros.

No processo envolvendo a concessionária Rio Barra, a empresa foi multada porque não renovou o seguro-garantia da linha 4 do Metrô, que venceu em junho de 2017. A concessionária recorreu, alegando que a não renovação foi consequência da paralisação da obra da estação Gávea pelo Governo do Estado. De acordo com a decisão do Conselho, o fato não eximiu a concessionária de cumprir com sua obrigação contratual de renovar o seguro-garantia.

Whatsapp Facebook Twitter
VOLTAR